23 de out de 2010

Como que por encanto, estou aqui de novo, parada em frente a ti, chorando aquelas lágrimas que tanto me fizeram mal. E dói. Dói ver que toda aquela história hoje se repete, a atriz principal continua sendo eu e a dor continua sendo minha. Mas dói mais ainda saber que eu que sempre erro, que eu que sempre sofro e faço sofrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer que os outros compreendam o que jamais entenderei.[ C.L ]